educação com
afeto para
a diversidade

EnglishPortugueseSpanish

educação com
afeto para
a diversidade

A Finlândia e a educação de sucesso

A Finlândia é conhecida como uma das maiores referências mundiais em educação. Mas afinal, o que será que acontece de tão especial nas escolas deste país?

 

Vamos a alguns dados importantes:

 

Valorização da educação
Na Finlândia a educação é de fato valorizada. E quando falo educação falo de forma objetiva mesmo. Não estou falando em ter diplomas que dizem que você sabe e entende algo e sim, ações práticas que demonstram este saber. Isso não só é valorizado como incentivado.

 

Inserção social
Na Finlândia a maioria dos estudantes vai para a escola de ônibus ou trem, ou seja, de transporte público. Isso contribui para que crianças e jovens ocupem de fato os territórios de suas cidades, vendo e convivendo em coletividade.

 

Educação acessível
Na Finlândia as escolas são públicas. A educação é tratada como algo essencial e, portanto, acessível a todos e todas.

 

Carga horária
Nas escolas da Finlândia as aulas começam, em geral, as 8h30 e vão até às 15h ou 16h. Além disso, existe um intervalo de 15 minutos entre uma aula e outra.

 

Independência e análise
Em muitas aulas a forma de aprendizado se dá pelo estudo de caso. Os alunos recebem, por exemplo, um caso a ser analisado. Eles leem, analisam, fazem um resumo e levam seus textos para discutir os diferentes pontos de vistas em sala de aula.

 

Educação bilíngue
No sistema educacional finlandês os alunos aprendem línguas estrangeiras de forma objetiva ( ou seja, aprendem de fato para que seja possível sua comunicação naquela língua). Os estudantes podem escolher um idioma além do finlandês e do sueco (que são as línguas oficiais do país) e portanto, se formam em três línguas diferentes.
Os alunos do ensino médio podem ainda aproveitar o bacharelado internacional que é um programa de educação bilíngue que visa facilitar a entrada dos estudantes em universidades no exterior.

 

Participação ativa do educando
A Finlândia procura ouvir os alunos quanto aos seus interesses por determinado assunto. Os alunos participam da construção das grades de suas matérias. Se, por exemplo, ele gosta muito de ciências sociais, ele pode focar seus estudos em matérias que se relacionam com esta área – como história e filosofia.

 

Em que se formar, afinal?
Na Finlândia, desde o início da trajetória escolar (ensino médio) os alunos contam com o auxílio de educadores que o acompanham durante sua trajetória, ajudando na escolha das disciplinas e no processo de descoberta de possíveis áreas de atuação.

 

Como podemos ver a Finlândia tem ótimos exemplos a serem seguidos não só pelo Brasil, mas por diversos países. Vale ressaltar (e muito) que a Finlândia é um país, culturalmente, muito diferente do Brasil ( economicamente, socialmente, politicamente) e que não existem formulas mágicas.
Não dá para simplesmente pegar o que acontece lá e achar que, de uma hora para outra, iremos fazer aqui o que se faz lá. Mas podemos sim olhar os bons exemplos e pensarmos, coletivamente, medidas que nos coloque num processo de alcançar o sucesso que a Finlândia vem alcançando.

 

Abraço e até a próxima.

Compartilhe

Veja mais posts

Jorna Bett Online

A segunda edição da Jornada Bett Online que vai ao ar entre os dias 11 e 14 de maio de 2020, será transmitida ao vivo

Revista Educação&Família – Ensino domiciliar

Nossa educadora e fundadora Janine Rodrigues, foi convidada para falar sobre o ensino domiciliar (homeschooling), pela Revista Educação&Família.   Confira no link: https://issuu.com/suaescolaideal/docs/p4_ed2_familiaeeducacao_smc  

Preencha o formulário que entraremos em contato com você

Open chat
Como posso te ajudar?
Olá, ...✋🏾
Como a Piraporiando pode te ajudar?