educação com
afeto para
a diversidade

EnglishPortugueseSpanish

educação com
afeto para
a diversidade

Os benefícios de não fazer nada – a importância das férias para as crianças.

Assim como os adultos as crianças também precisam de tempo livre. Um tempo de lazer e diversão, longe das preocupações ( sim, infelizmente elas também se preocupam) ou atividades extracurriculares. Sem dúvidas, essas são as melhores coisas das férias. Mas, além de descanso e diversão, esse período pode ser muito benéfico para o desenvolvimento social, emocional e cognitivo da criança, como mostrou um estudo feito pela Academia Norte-Americana de Pediatria (AAP).

Para você entender um pouco a importância e os benefícios das férias para o desenvolvimento infantil, separamos algumas informações. Vamos lá?

Por que temos férias escolares?

As férias escolares são essenciais para o desenvolvimento infantil. Essas pausas servem para que as crianças desenvolvam suas relações sociais, comunicação, cooperação e partilha.

 Um tempo para descanso:

A rotina escolar pode ser muito extensa não se limitando apenas a sala de aula, o que envolve as atividades extracurriculares: cursos de idiomas, prática de esportes, entre outros. No período de férias espera-se que essas atividades sejam interrompidas, ou diminuidas para que a criança possa usufruir de um tempo de descanso físico e mental.

Férias em família:

Durante as férias é importante a família aproveitar o tempo junto. Nem todos podem viajar, mas não se trata só disso. Trata-se daquela conversa sem pressa, daquela noite que é possível exagerar na dose e ver filme até tarde no sofá, com um balde de pipoca.

Aquele dia que abre-se uma exceção e tudo bem almoçar mais tarde ou comer mais bolo do que o comum. De ler um livro junto. De fazer perguntas tão simples e que as vezes passa-se tanto tempo sem dizer, como por exemplo : “Como você está se sentindo?” “Como vai ser pra você mudar de turma, de sala, de professor….” Saber como a criança se sente em relação ao novo ano que se inicia.

As férias não devem ser o único momento para a família se dar atenção, mas, podemos aproveitar este momento, onde a vida parece estar menos corrida para estarmos juntos.

Outra coisa importante é que a criança precisa ter tempo de não fazer nada. Talvez ela queira ficar na dela, brincando sozinha – e tudo bem – vendo filme, ou algo do tipo. Aceitamos facilmente crianças ‘’elétricas’,’ mas temos dificuldade de compreender crianças que têm seus momentos de introspecção. E ela tem esse direito. Podemos observar se está tudo bem, mas, se não há motivo, talvez ela só queira não fazer nada.

E depois das férias ? Ano letivo começando …No ano que se inicia vamos procurar estar  atentos ao tempo. Será que a quantidade de atividades e responsabilidades das crianças estão compatíveis com sua estrutura física e emocional? Será que a opinião dela é levada em consideração nos momentos de decisão?

Abraço e até a próxima

Compartilhe

Veja mais posts

Jorna Bett Online

A segunda edição da Jornada Bett Online que vai ao ar entre os dias 11 e 14 de maio de 2020, será transmitida ao vivo

Revista Educação&Família – Ensino domiciliar

Nossa educadora e fundadora Janine Rodrigues, foi convidada para falar sobre o ensino domiciliar (homeschooling), pela Revista Educação&Família.   Confira no link: https://issuu.com/suaescolaideal/docs/p4_ed2_familiaeeducacao_smc  

Preencha o formulário que entraremos em contato com você

Open chat
Como posso te ajudar?
Olá, ...✋🏾
Como a Piraporiando pode te ajudar?